café e dores

café e dores

segunda-feira, 19 de junho de 2017

[sinto agora
os ventos da estação
repensada na pele
transvestida de gestos
entregue aos atos
lentos e silenciosos
das fantasias criadas
em coro de sonhar
deitar e esquecer
me inflama
ânsia tardia
do inverno lá fora
destoado das cores
a deslumbrar]

Nenhum comentário:

Postar um comentário