café e dores

café e dores

domingo, 12 de outubro de 2014

Em frente aos correios, cep 22261-005

Sua obsessão secreta.

eu
contabilizei
seus
passos
(logo eu que sou de letras e repeti em exatas)
guardei o cheiro do suor que escorria por sua face anêmica,
esse suor cansado morreu na gola de malha do uniforme amarelo
e evaporou tão rápido que fui capaz de notar a temperatura acima dos quarenta

essa bermuda te deixa com cara de vinte
mas a barba ligeiramente avermelhada te deixa na faixa dos trinta
esses olhos cadavéricos me penetram com indiferença
me olham com descrença

há cinco pintas espalhadas pelo seu pescoço
imitando um céu pálido com constelações raras e salgadas
como deve ser bom o sabor de seu beijo mentiroso...
e esse barulho que você reproduz com as mãos ao roçar a alça da bolsa
essas cartas que você resguarda nas mãos aveludadas são todas minhas
são poesias e desabafos e ameaças
seu sorriso é tímido
seus cílios são alongados
e as veias brilham no sol nômade sob seus braços
vou colocar seu sobrenome
junto ao meu
numa lápide
não se assuste, carteiro
eu morro de amor e descaso

7 comentários:

  1. Não sei a quantas anda a faculdade (ou seria pós) de que você tem reclamado nos últimos textos. Sei ao menos que aqui não falta assiduidade... E eu adoro! Feliz semana pra nós!!! ;)

    ResponderExcluir
  2. "Sabor do seu beijo mentiroso". rs, acho bacana teus adjetivo colocados nos substantivos de forma inesperada.
    Adorei!! (novidaaade, néam?)

    Beijoo'o
    flores-na-cabeca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Parecia falar de um amor meu do passado. "seu pescoço imitando um céu pálido com constelações raras e salgadas". Eu que lhe digo: Perfeito!

    ResponderExcluir
  4. Olha, você não poderia ser mais certeira. Dolorosamente lindo!

    ResponderExcluir
  5. você também reproduz barulhos com as mãos, se de fato é a autora da poesia.
    Linda poesia, abraços.

    ResponderExcluir
  6. Gyzelle, essa trilogia poética pode ser santíssima e trindade, pode ser o que qualquer ser humano queira, porque você permite, você deixa para mim, e todos, uma vontade de sentir e amar.
    Saudações!

    ResponderExcluir
  7. Absurdamente estonteante!
    Esse teu Carteiro rende as melhores poesias, pois já faz parte dos teus personagens mais célebres.

    ResponderExcluir