café e dores

café e dores

sábado, 11 de março de 2017

Acompanhante

A morte aceita 

Tuas maiores desculpas 

Esquece teu nome 

Espera pelo banho insiste 

O sono retorna tão forte

Tua morte aguarda 

Os olhos acendem 

Os fumos aliados 

Marcas de perfume em frascos

Barriga cheia de amido 

As pontes ligando 

Esperaram as ligações

Aqui não 

Ninguém além 

Dessa estrada indisponível 

Bar amanhecido 

Espera última gota 

Acende as luzes também 

Isso te leva a algum lugar 

Longe de tudo 

Esquece teu nome  

Aluga um quarto maior

Sumir com o corpo 

Dentro do copo 

Enterrar as mágoas 

Vida vaga a morte acompanha 

Aceita tuas desfeitas

Malas feitas 


Pode fechar 

Lá fora

A morte te leva na porta espera

Nenhum comentário:

Postar um comentário