café e dores

café e dores

domingo, 8 de abril de 2012

Medíocre prosa

Olha como se não visse,
se faz de mudo
quando peço para falar
se imploro que emudeça,
Grita.

Usa de palavras rudes
a sutileza natural,
mata-me com a indiferença
de um amor descomunal.

Dar-te-ei uma pequena rosa
para você perdoar essa 
medíocre prosa. 

5 comentários:

  1. Gostei bastante, mas fico imaginando como é triste ser tratada com indiferença. Eu ficaria completamente arrasada!

    Blog com novo nome, sigam!
    http://blogdezoitoeagora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não deixe o café esfriar.

    rosas são ótimas trocas para conversas.

    bom poema.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do seu blog: essência e conteúdo na medida certa. Parabéns pelo excelente trabalho...Ah!, obrigado pelos singelos comentários em meu blog. Espero que você retorne em breve,ok? Um abraço!!!!

    ResponderExcluir
  4. É de coração que os agradeço, estou grata por terem lido.

    ResponderExcluir