café e dores

café e dores

domingo, 3 de julho de 2016

dór émim fásol lá sim

sem invasão da luz
3:30 ou seis e dez 
já não sei que dia é
penso
estado de graça
mas quem sabe amanhã
quem sabe oh pai
nunca fui de prever aspas
tempo atrasa
quem sabe
é hora de trocar mobília
as estantes cresceram
e os relógios
buzinas triplicam
enquanto as contas injuriadas
amanhecem
oh céus
hoje faz tanto sol
sei lá

Um comentário:

  1. Todas as quatro estações de Vivaldi, cabem nos teus sorrisos desconfiados.
    Beijo nas tuas mãos que te tocam.
    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir