café e dores

café e dores

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

quem sabe seja só

acho que estou fugindo
talvez seja de mim
todas as cores
entre tantas horas 
impossível denominar 
a natureza é muito maior
talvez esteja falando de mim
as cores em tudo
é porque não há espaço
e os horários lotados
talvez seja hora de partir
e refiro a mim
acho que perdi a conta
das vezes que perdi
talvez seja apenas melhor
dormir e acordar no sonho
e não querer voltar
não estar aqui dentro
quem sabe de mim
e de nós
as cores diriam adeus
mas quem sabe pra quem
quem sabe o que
nós aguarda
como se tivesse
acordado de um sonho
dentro das cores
lá no fundo
talvez seja eu 

Nenhum comentário:

Postar um comentário