café e dores

café e dores

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Filme de despedida

Imploro que não se
despeça de mim
eu sou um trauma
de infância
e não sei
lucrar com despedidas

Não mereço perdões fictícios
pois tu formado
num teatro
teu diploma é a morte
da esperança

Teu terno de linho
enrosca meu suor sofrido
baile barato de esquina:
conquista
castidade perdida

Guerra por nirvana
teu coração bomba
tratado rota duvidosa
sagaz e ordinária
labirinto lucidez

Se for embora
rogo com fúria
não faça despedida
teu drama ganhou prêmio
tu é o pior roteirista

Um comentário: